quarta-feira, 10 de junho de 2009

Bringing it all back home

. .
Os tempos de reciclagem podem ser interessantes.
Você as vezes não sabe o que fazer com as explosões de referências que são despejadas em seus olhos e mente.
E voltar a cabeça pra trás pode ser uma vantagem, não um passo perdido.

Em 1965, Dylan arrebentou uma platéia purista num festival tradicional de música folk.
Sua arma era uma guitarra elétrica.
De repente, o rock já não era tão estúpido.
No fim de 66, Dylan já estava achando aquilo tudo imbecil demais.

Era hora de olhar pra trás.
Todos elétricos.
Parece muito com hoje, internet, informação, downloads.
Dylan deu as costas.
Só queria a paz no campo e pinturas livres.

Alguns sacaram a transformação.
Outros, apenas sentiram-se mais perdidos do que já estavam.

video
...........The Byrds & Earl Scruggs - You Ain't Going Nowhere


Lembro que quando eu tinha 10 anos, nenhum parente próximo a mim, amigo, conhecido.
Eu não sabia de ninguém que havia partido.
Hoje.
Avós, pais de amigos se vão.
Até amigos, chegados.

É quando pensamos em certas coisas?
Bom, já estava pensando nelas antes.
Crise dos 30 é isso aí.

Hora de trazer tudo de volta pra casa.
Eu sou minha casa.
Aqui eu sou rei.

Vento idiota.
. .

Nenhum comentário: